Ainda Ontem Chorei de Saudade / Vontade Dividida Milionário e Marciano

Ainda Ontem Chorei de Saudade / Vontade Dividida

Milionário e Marciano

Você me pede na carta que eu desapareça
Que eu nunca mais te procure
Pra sempre te esqueça

Posso fazer sua vontade
Atender seu pedido
Mas esquecer é bobagem
É tempo perdido

Ainda ontem chorei de saudade
Relendo a carta
Sentindo o perfume
Mas que fazer com essa dor que me invade?
Mato esse amor ou me mata o ciúme

O dia inteiro te odeio
Te busco, te caço
Mas no meu sonho de noite te beijo, te abraço
Porque os sonhos são meus
Ninguém rouba e nem tira
Melhor sonhar a verdade que amar da mentira

Deixa essa vontade dividida
Quero estar na sua vida
Caminhar o seu caminho
Trago esta verdade quase louca
Libertar num beijo à boca
Quando o sol amanhecer

Eu queria ter você no meu caminho
Acordar, sentir que não estou sozinho
Neste quarto
Inventar um paraíso pra nós dois
E falar do sonho lindo que ficou depois
Do nosso amor

Apesar do teu silêncio quase não dizer
Eu me sinto um passarinho sem poder voar
Eu preciso urgentemente me redescobrir
Neste teu olhar

Eu preciso da verdade pra viver a vida
Despedida
Não vou mais chorar
O que eu quero é sentimento
Força e coração
Quando te encontrar

Eu queria ter você no meu caminho
Acordar, sentir que não estou sozinho
Neste quarto
Inventar o paraíso pra nós dois
E falar do sonho lindo que ficou depois
Do nosso amor
Apesar do teu silêncio quase não dizer
Eu me sinto um passarinho sem poder voar
Eu preciso urgentemente me redescobrir
Nesse teu olhar

Mais Letras e Vídeos

Deixe uma resposta