Atriz pornô desiste de carreira e se torna pastora

Crystal Bassette estrelou mais de cem filmes pornô, durante uma carreira que durou dez anos. Faturava cerca de R$ 1 milhão por ano só com as filmagens.

A história segue o script clássico. A americana de Clay (estado de Nova York, EUA) engravidou aos 16 anos e teve que criar o filho sozinha. Inicialmente, ela tentou a carreira de modelo e de dançarina. Um dia conheceu um produtor de filmes pornô e se interessou pelos rendimentos prometidos.

Crystal (à direita) pregando na sua igreja no estado de Nova York (foto: reprodução)

Pouco depois, Crystal estava em um set de filmagens em Malibu (Califórnia, EUA).

O dinheiro veio. Com ele, uma vida de excessos: abuso de álcool, carros esportivos, uma mansão, consumismo…

Porém tudo mudou por causa de uma personagem da Bíblia. A história de Jezebel (princesa que sustentava profetas de deuses pagãos e que provocou a ira de Deus), fez com que Crystal decidisse abandonar a carreira de atriz pornô.

Apesar da firme decisão, ainda havia um contrato a cumprir, e a americana teve que fazer mais um filme adulto. O último, uma amarga despedida.

“Tinha um contrato a cumprir. Foi horrível fazer essas cenas”, relatou ela.

Crystal conheceu Davis, um pastor de 26 anos. Eles se casaram em 2014 e fundaram uma igreja, em Fulton (estado de Nova York, EUA), onde a ex-atriz atua como pastora. Eles têm um filho juntos.

“Meu passado fez quem eu sou hoje, e Deus mudou a minha vida completamente”, afirmou ela, aos 33 anos. (AG)

Deixe uma resposta