Chuva de Papel Picado – Flor da Serra

Chuva de Papel Picado

Flor da Serra

Eu não vou passar a vida inteira
Namorando os seus olhos
Desejando seus beijos, desejando você
Eu não vou passar a vida inteira
Nessa fonte sem água
Só guardando mágoa esperando você

Eu não quero cair na conversa desse vai que não vai
Esse amor que não vem, essa dor que não sai
Bate fundo no peito é demais pro meu coração

Eu preciso acordar meu sorriso e abrir outra porta
Te esquecer de vez ou te trazer de volta
Pra não ser aconchego dessa solidão

Tempestade ou chuva de papel picado
Tanto faz, tanto faz, sem você do meu lado

Mais Letras e Vídeos

Deixe uma resposta