Contar Pra Quê? Henrique e Juliano

Contar Pra Quê?

Henrique e Juliano

Deixa do jeito que tá
Por mim tá tudo bem
Mas deixa eu te perguntar
Tá bom pra você também? Hein?

Se a gente acredita
Tudo conspira a favor
Pra tudo tem seu tempo e esse é o nosso tempo
A escolha é sua
Mas pensando bem, eu vou falar

Contar pra quê?
Ninguém precisa entender
Que quando a cidade dorme
A gente sai pra se ver

E ali debaixo das luzes
Nos muros, escrevo
Meu nome, seu nome
Pro mundo saber

Contar pra quê?
Ninguém precisa entender
Que quando a cidade dorme
A gente sai pra se ver

E ali debaixo das luzes
Nos muros, escrevo
Meu nome, seu nome
Pro mundo saber
Contar pra quê?

Deixa do jeito que tá
Por mim tá tudo bem
Mas deixa eu te perguntar
Tá bom pra você também?

Se a gente acredita
Tudo conspira a favor
Pra tudo tem seu tempo e esse é o nosso tempo
A escolha é sua
Mas pensando bem, eu vou falar

Contar pra quê?
Ninguém precisa entender
Que quando a cidade dorme
A gente sai pra se ver

E ali debaixo das luzes
Nos muros, escrevo
Meu nome, seu nome
Pro mundo saber

Contar pra quê?
Ninguém precisa entender
Que quando a cidade dorme
A gente sai pra se ver

E ali debaixo das luzes
Nos muros, escrevo
Meu nome, seu nome
Pro mundo saber
Contar pra quê?

Contar pra quê?
Ninguém precisa entender
Que quando a cidade dorme
A gente sai pra se ver

E ali debaixo das luzes
Nos muros, escrevo
Meu nome, seu nome
Pro mundo saber

Contar pra quê?
Ninguém precisa entender
Que quando a cidade dorme
A gente sai pra se ver

E ali debaixo das luzes
Nos muros, escrevo
Meu nome, seu nome
Pro mundo saber
Contar pra quê?

Mais Letras e Vídeos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: