Movimentos organizam atos contra reforma da Previdência nesta quarta-feira

Movimentos populares e entidades sindicais estão convocando em todo o País uma série de manifestações contra a reforma da Previdência para esta quarta-feira (15). A Frente Brasil Popular e a Frente Povo sem Medo, ligadas ao PT, encabeçam a convocação dos atos em 23 capitais.As manifestações foram chamadas no Dia Nacional de Paralisação e Mobilização.

“Temos condições de transformar o 15 de março numa trincheira em defesa da aposentadoria como política pública e parte da seguridade social e não um ativo para ser comprado em agência bancária”, diz o presidente da CUT, Vagner Freitas, para quem a mobilização nos Estados, via comitês, ajuda a pressionar os parlamentares.

Diversas categorias profissionais confirmaram participação nos atos, paralisações e protestos em todo o país. Inclusive do setor de transporte. Na cidade de São Paulo, motoristas e cobradores de ônibus já aprovaram paralisação da 0h até as 8h, enquanto os metroviários pretendem parar durante todo o dia. Os metroviários de Belo Horizonte também aprovaram paralisação de 24 horas.Em Porto Alegre, a concentração é às 17h, na Esquina Democrática.

Mais Letras e Vídeos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: